Atendimento Psicológico Especializado para Adolescentes





Não é surpreendente que os adolescentes estejam sentindo bastante os impactos do isolamento social. É compreensível: eles foram subitamente afastados de seus amigos, de suas escolas e da rotina, que é tão importante nesta fase.

As incertezas do momento podem intensificar neles um sentimento de descrença quanto ao futuro e uma sensação de vazio, que a tecnologia não é capaz de preencher - apesar do seu importante papel na manutenção dos vínculos sociais.

Mas, mesmo em isolamento, há muito o que fazer em casa. Neste momento pandêmico, muitas instituições passaram a oferecer oportunidades culturais e de lazer totalmente gratuitas e on-line. Estimule seus jovens a assistir espetáculos teatrais, a fazer cursos, participar de eventos, de redes de apoio, shows, musicais e jogos interativos.

Outra opção é organizar algumas atividades físicas dentro de casa. Existem aplicativos oferecendo, inclusive, aulas e séries de exercícios funcionais para serem praticados em casa.

Convide o jovem a pesquisar sobre assuntos de seu interesse - e compartilhar o aprendizado com você. Proponha momentos de descanso das redes sociais e da tecnologia, afinal nada substitui uma boa conversa, risadas e histórias. Reserve um tempo para interagir com ele. Brinque de "Stop", de "Adivinhe o nome do Filme", jogue cartas. A diversão é garantida também no mundo offline!

Cuide para que o ambiente, talvez mais propenso a conflitos por causa do confinamento, esteja o mais leve possível, para que não seja mais um fator a estressar o adolescente.

E, claro, fique "de olho". Caso as emoções estejam muito à flor da pele, a ponto de impedir que o adolescente realize suas atividades, ou caso perceba que ele tem se sentido muito sozinho, a ajuda de um psicólogo pode ser necessária. As consultas on-line são humanizadas, acolhedoras e podem ajudar a jovem a lidar com as emoções, usando o desafio deste momento para gerar crescimento pessoal e amadurecimento, sem torná-lo mais difícil do que o necessário.

#nossospsicologos #amomeusfilhos #terapiafamiliar #grupodejovens #amizadeonline #ansiedadenaadolescência

Comentários